Ei, professor! Você já sabe quais são as mudanças da ABNT para produção de textos?

Escrito por 
Cíntia Prezotto
Publicado 
13/11/2023
A

Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é uma entidade privada sem fins lucrativos que tem como objetivo estabelecer normas técnicas para diversos setores da indústria, comércio, serviços e academia no Brasil. Essas normas estabelecem regras, diretrizes, especificações técnicas e terminologia padronizada para produtos, processos, serviços e sistemas. Elas são essenciais para garantir a qualidade, padronização, segurança e aprimoramento de diversos produtos e atividades.

As normas da ABNT são aplicadas em várias áreas, tais como engenharia, arquitetura, informática, saúde, meio ambiente e, claro, educação, onde há normas para elaboração de trabalhos acadêmicos, referências bibliográficas, padronização de teses e dissertações, entre outros.

As normas técnicas são revisadas periodicamente para se adequarem às necessidades e demandas atuais, bem como para acompanhar os avanços e mudanças nas práticas de escrita acadêmica e técnica.

Vamos conhecer as principais mudanças: 

A Norma 10520, que trata de citações, passou por uma nova revisão e atualização, para facilitar a elaboração de trabalhos acadêmicos. A seguir, será apontado suas principais mudanças.

Indicação de autoria:

Antes: a indicação era feita em CAIXA ALTA, dentro dos parênteses.
Exemplo:
(SILVA, 2020)
(SILVA; FERREIRA, 2019)
Agora: a indicação deve ser feita com a inicial maiúscula seguido de letras minúsculas, dentro dos parênteses.
Exemplo: 
(Silva, 2020)
(Silva; Ferreira, 2019)

A indicação de autoria com mais de três autores:

Antes: não havia indicação da expressão “et al.” para reduzir os autores.
Agora: pode ser reduzida no texto pela expressão “et al.”, mesmo que nas referências finais constem todos os autores.
Exemplos:
(Comin; Souza; Guimarães; Feitosa, 2021)
(Comin et al., 2021)

Expressões latinas:

Antes: não havia indicação clara quanto ao uso das expressões latinas.
Agora: elas devem ser grafadas sempre em itálico.
Exemplos:
et al.
apud
In
Ibidem

Recuo:

Antes: as citações diretas com mais de três linhas deveriam vir recuadas a 4 cm da margem para a direita.
Agora: as citações diretas com mais de três linhas têm como orientação virem recuadas a 4 cm da margem para a direita, não sendo obrigatório, contudo, mantém-se espaço simples e letra menor.

Paginação:

Antes: após as citações diretas, era obrigatório a inserção da página.
Agora: após as citações diretas, deve-se acrescentar a paginação apenas se houver, podendo ser a localização no dispositivo de leitura (Kindle), a minutagem de um filme, artigo de uma lei, entre outros. Também não é mais obrigatório esclarecer que a citação não tem indicação da página.

Indicação de volume ou seção:

Antes: Não havia indicação sobre isso.
Agora: é possível indicar o volume, tomo ou seção nas citações não periódicas.
Exemplo:
(Freud, 1989, v. 1. p. 30)

Indicação de autoria jurídica:

Deve ser feita dentro dos parênteses pela sigla em caixa alta ou nome completo com apenas as iniciais maiúsculas.
Exemplos:
(ABNT, 2023)
(Associação Brasileira de Normas Técnicas, 2023, p. 15)

Indicação de autoria governamental:

Deve ser feita dentro dos parênteses pela jurisdição ou nome do órgão superior com apenas as iniciais maiúsculas.
Exemplos:
(São Paulo, 2020)
(Caixa Economica Federal, 2023)

Ponto final:

Deve ser utilizado para encerrar a frase e não a citação.
Exemplo:
“Estes espaços têm o objetivo de promover a cultura e ofertar ambientes confortáveis para momentos de descanso e lazer na jornada acadêmica” (Kraemer et al., 2022, p. 8).

Assine a Newsletter de Design

Não vamos compartilhar suas infos. Ver  Politica de Privacidade
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Conecte-se a nossa
comunidade
vá além

Compartilhamos Nossas Ideias
com Você

ver mais
Tecnologia
13
/
Jun
/
2024

De HTML Interativo a PDF: Garantindo o Acesso Offline na Educação a Distância

No Brasil, a qualidade da conexão à internet é uma variável crucial que impacta diretamente a produção de materiais para educação e o acesso dos alunos a esses recursos.
Tecnologia
2
/
May
/
2024

Airchat: a nova rede social que pode servir de inspiração para a Educação a Distância

O Airchat, a nova rede social que está redefinindo as interações online por meio de mensagens de voz, é o fruto da visão inovadora de Naval Ravikant.
Tecnologia
22
/
Apr
/
2024

Open Dyslexic, a Fonte que Transforma a Educação para Pessoas com Dislexia

A Open Dyslexic não é só mais uma fonte. Ela foi especialmente desenhada para atender às necessidades das pessoas com dislexia, oferecendo uma solução prática e esteticamente adaptada às suas particularidades visuais.
Educação
11
/
Apr
/
2024

Como Novos Layouts Ajudam a Criar Salas de Aula Inovadoras

Você já pensou em como mudar as cadeiras de lugar pode ampliar a experiência de aprendizado de uma aula? Apesar de às vezes ser desafiador e até barulhento, existem formas de gerenciar a organização de uma sala de aula observando diferentes rearranjos de carteiras e estabelecendo combinados entre os estudantes. 
Educação
25
/
Jan
/
2024

Desafios para inclusão no Brasil

A variabilidade na disponibilidade de recursos e o nível de apoio entre diferentes instituições de ensino sugere uma necessidade contínua de melhorias e investimentos na área de educação inclusiva.

@b42edtech