Por que Investir em um Metaverso para Educação?

Escrito por 
Karina N. Tomelin
Publicado 
10/5/2023
Q

uem conhece um pouco a B42, sua cultura e seu propósito, sabe da nossa inquietação e desejo por aprender e fazer coisas novas. O prazer em fazer está também no desejo de compartilhar e alcançar mais pessoas, manifestando nosso propósito de “fazer a educação ser Pop”. 

Com a ampliação das formas de trabalhar e aprender digitalmente e com a expansão de conceitos e experiências em outras realidades, como o metaverso, desenvolvemos nosso primeiro espaço virtual imersivo.

Para que serve um metaverso?

Um metaverso é um ambiente virtual que permite a interação e colaboração de várias pessoas em tempo real. Ele pode ser usado para diversos fins, desde jogos até aplicações em negócios e, mais recentemente, na educação. Na educação, o metaverso pode ser utilizado para criar ambientes de aprendizagem imersivos, com interações entre alunos e professores de forma mais dinâmica e engajadora, além de permitir a experimentação e simulação de situações que podem ser inviáveis na vida real.

Muitas vezes,  temos a tendência a superestimar o efeito das tecnologias a curto prazo e subestimar seu efeito a longo prazo.
— Roy Charles Amara

Este pensamento de Amara traduz um pouco o movimento de como as novas tecnologias vão sendo incorporadas no cotidiano. O tempo e sua consequente funcionalidade e utilidade vão mostrando sentido sobre a sua existência e até investimento. No caso do metaverso, estamos considerando a utilização tanto para o ambiente corporativo como educacional.

No primeiro caso, atualmente com a maioria dos colaboradores em home office, uma forma de mantê-los conectados, visíveis e em um mesmo ambiente é um espaço imersivo como este. Longe de ter um foco de vigilância ou punição, a ideia de você compartilhar espaços com as mesmas pessoas, circular e ver o movimento das salas de reuniões, além de diminuir a sensação de solidão, amplia o sentimento de pertencimento, favorecendo a comunicação. 

Já como ferramenta educacional, múltiplos usos podem ser pensados. O primeiro deles é a utilização como sala de aula virtual com foco na criação de estratégias de metodologias ativas. A divisão dos estudantes em salas e inserção de tecnologias nos ambientes favorece muito o aprendizado ativo e imersivo. Outra possibilidade é a criação do campus virtual da instituição, favorecendo a localização, movimentação e organização dos espaços de aprendizagem. 

Investir em um metaverso pode proporcionar experiências imersivas e interativas que vão além do ambiente físico, permitindo a exploração de novos horizontes educacionais e criando oportunidades para o desenvolvimento de habilidades e competências fundamentais para os alunos. Além disso, um metaverso pode promover a colaboração, a criatividade e a inovação, tornando-se uma ferramenta valiosa para empresas e para a educação do futuro.

A inovação, para fazer sentido, precisa ter a intencionalidade do recurso incorporada pelos seus usuários, assim será muito mais fácil construir modelos disruptivos nos novos cenários educacionais em que vivemos. A B42 criou seu próprio metaverso com o objetivo de aprender mais sobre esse novo modelo de ambiente virtual e explorar diferentes possibilidades educacionais. Assim, buscamos levar a experiência de nossos colaboradores a um novo patamar de engajamento, interatividade e imersão.

Assine a Newsletter de Design

Não vamos compartilhar suas infos. Ver  Politica de Privacidade
Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.
Conecte-se a nossa
comunidade
vá além

Compartilhamos Nossas Ideias
com Você

ver mais
Tecnologia
2
/
May
/
2024

Airchat: a nova rede social que pode servir de inspiração para a Educação a Distância

O Airchat, a nova rede social que está redefinindo as interações online por meio de mensagens de voz, é o fruto da visão inovadora de Naval Ravikant.
Tecnologia
22
/
Apr
/
2024

Open Dyslexic, a Fonte que Transforma a Educação para Pessoas com Dislexia

A Open Dyslexic não é só mais uma fonte. Ela foi especialmente desenhada para atender às necessidades das pessoas com dislexia, oferecendo uma solução prática e esteticamente adaptada às suas particularidades visuais.
Educação
11
/
Apr
/
2024

Como Novos Layouts Ajudam a Criar Salas de Aula Inovadoras

Você já pensou em como mudar as cadeiras de lugar pode ampliar a experiência de aprendizado de uma aula? Apesar de às vezes ser desafiador e até barulhento, existem formas de gerenciar a organização de uma sala de aula observando diferentes rearranjos de carteiras e estabelecendo combinados entre os estudantes. 
Educação
25
/
Jan
/
2024

Desafios para inclusão no Brasil

A variabilidade na disponibilidade de recursos e o nível de apoio entre diferentes instituições de ensino sugere uma necessidade contínua de melhorias e investimentos na área de educação inclusiva.
Tecnologia
22
/
Jan
/
2024

Drops de Sabedoria: A Jornada de Desenvolvimento do EducaBox

Hoje, quero convidar você aos bastidores da criação do EducaBox, um aplicativo que reflete nossa paixão e compromisso com a educação. Além disso, vou detalhar como expandimos essa visão para criar uma skill interativa para Alexa, proporcionando uma experiência de aprendizado ainda mais integrada.

@b42edtech